Wednesday, May 31, 2006

Em busca da perfeição

Não há lugares perfeitos, vilas perfeitas, cidades perfeitas, países perfeitos. Não há animais, seres humanos perfeitos. A perfeição é como todos sabemos a maior das utopias. Mas à falta do perfeito, sempre nos podemos regular pela escala do menos perfeito. Esta será, claro está, uma escala relativa – dependente das imperfeições de quem a concebe. Vale o que vale. Do alto das minhas imperfeições, as mesmas que se reflectem na elaboração da minha imperfeita escala, tenho a dizer que Portugal é o país menos perfeito onde já vivi. É difícil viver em Portugal. Este é país onde não se pensa no bem colectivo mas onde o colectivo estranhamente se impõe ao individual e o invade forçando assim, através da manipulação de valores morais decrépitos, os indivíduos a viverem em conformidade com valores que não desejam e que tomam de assalto a sua esfera privada. E no dia à dia tento-me esquecer que exactamente os mesmos motivos que me levaram a sair de Portugal à uns anos atrás continuam válidos. Nada pior do que um menos perfeito que tão pouco anseia pela perfeição e não procura evoluir. Meio passo que fosse na direcção da perfeição, da utopia, e tanta coisa poderia ser bem melhor...

Saturday, May 27, 2006

Vanity and complements or complements and vanity?!

Sometimes one may fall into the vanity trick with the self excuse of politeness!

What a fine line…

The result is preposterous!

Friday, May 19, 2006

E mais nao digo!

"Eu não falo de vinganças nem de perdões; o esquecimento é a única vingança e o único perdão."

Jorge Luis Borges

Soltas

… nos dias cinzentos em que nao estiveste aqui pus os oculos de sol.

Se e para ser escuro que seja negro como breu!

PS: Como background ouvi Palma a cantarolar “Fragil”.

Apenas pelo prazer...

…do exercicio posso escrever o que simplesmente me apetece?

Friday, May 12, 2006

Coolidge Effect


"President Calvin Coolidge and his wife visited a government farm one day and were taken around on separate tours. Mrs. Coolidge, passing the chicken pens, inquired of a supervisor whether the roosters copulated more than once a day.

"Yes," the man said. "Dozens of times." "Tell that," Mrs. Coolidge replied, "to the president!"

Some time later the president, passing the same pens, was told about the roosters - and about his wife's remark. "Same hen every time?" he asked. "Oh, no, a different one each time," the supervisor replied. "Tell that," Coolidge said with a sly nod, "to Mrs. Coolidge."

[Thus the term "Coolidge effect" to describe the re-arousal of a male animal by the introduction of a new female.]


Coolidge, John Calvin ["Silent Cal"] (1872-1933) American Republican politician, 30th president of the United States (1923-29) [noted for his strong support of business and his encouragement of stock speculation (which fueled the roaring '20s but led to the crash of 1929)]"

Sunday, May 07, 2006

Eu diria que uma "tampa", nos dias que correm, varia quanto a forma

Saturday, May 06, 2006

Nao tenho vergonha nenhuma dos meus sentimentos...

Tenho ainda menos pudor em dize-los!
Que chatice!! Se gosto, gosto.

Engates ou Desengates?

A percepcao de que existe (pelo menos) uma formula de engate, que resulta, destroi o meu erotismo.
Basta muito pouco para nao se sair sozinha de uma festa...e eu iludida!
Simplesmente inocente!

Friday, May 05, 2006

" Three tall women"

Edward Albee's play entertain us with the matters of "how we live, how we love, what we settle for and how we die". Sentimentalisms are left apart!

"Infidelity is just a matter of spirit."

"We cheat for many reasons (‘cause we fell lonely, we are bored…)Man because they are man!"

And about oral sex (or the incapacity of doing it) they left us with that:

"There is more than one way to skin the cat!"


Thursday, May 04, 2006

Perguntou-me o que tinha vestido hoje


"Jeans e teeshirt. Como acessorio umas mamas quase perfeitas!"
















Magritte "La Philosophie dans le Boudoir", gouache, 1948


Wednesday, May 03, 2006

...e os outros Trintoes "trazem-nos" isto















Há dias

"Há dias em que julgamos
que todo o lixo do mundo
nos cai em cima
depois
ao chegarmos à varanda avistamos
as crianças correndo no molhe
enquanto cantam
não lhes sei o nome
uma ou outra parece-me comigo
quero eu dizer :
com o que fui
quando cheguei a ser luminosa
presença da graça
ou da alegria
um sorriso abre-se então
num verão antigo
e dura
dura ainda. "

Eugenio de Andrade

Tuesday, May 02, 2006

O que nao nos trazem os 30s e certamente os 40s, 50s...

Menos imbecis!
Desses, so mesmo a morte nos livrara!

O que nos trazem os 30s...

A calma enquanto se espera...
A paciencia para patetas...
A capacidade de admitir o erro sem que fique um mau gosto de boca...
A gargalhada desprendida...
Umas gramas a menos de teimosia...
Lagrimas que valem a pena chorar...

Este sorriso!